Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, VII Salão integrado de ensino, pesquisa e extensão, III Jornada de Pós-graduação e II Seminário sobre Territorialidade

Tamanho da fonte: 
CLIMATOLOGIA DO POTENCIAL EÓLICO PARA O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
Marcus Vinicius Leivas Azevedo, Elison Eduardo Jardim BIERHALS, Guilherme Balbinot Alves, Francisco Borges PEREIRA, Claudinéia Brazil, Nei Marçal

Última alteração: 2017-08-15

Resumo


A utilização da energia proveniente das forças dos ventos já é consolidada, pois seu uso originou-se desde a Idade Antiga, tanto para navegação, nos barcos à vela, quanto na transformação em energia mecânica, através dos moinhos de vento. A energia elétrica oriunda dos aerogeradores (que transformam energia dos ventos em eletricidade) vem se destacando na matriz energética brasileira, devido ao novo cenário com foco nas fontes renováveis e na necessidade de sua diversificação. O estado do Rio Grande do Sul, que já obtém a segunda maior usina eólica da América Latina localizada em Osório, é favorecido por sua localização geográfica litorânea, apresentando um grande potencial para o aproveitamento deste tipo de energia, portanto este trabalho tem como objetivo avaliar a climatologia da velocidade e direção do vento gerado através dos dados de Reanálises para esse estado. Os dados foram obtidos para o período de 1986 a 2016 junto ao National Centers for Envirnmental Prediction/ National Center for Atmospheric Research (NCEP/NCAR) a série de dados foram espaçadas em uma grade de 2,5° x 2,5° de latitude e longitude. Para obter uma melhor análise dos resultados, o estado do Rio Grande do Sul foi dividido em regiões homogêneas de acordo com o regime de ventos. Os dados e os mapas foram gerados e extraídos através do aplicativo computacional GRADS (Grid Analysis and Display System). O estudo identificou o comportamento e as variações temporais e espaciais do vento, indicando que essa base de dados pode ser utilizada como uma fonte alternativa de dados, suprindo regiões, com carência de informações relativas à climatologia e ao comportamento dos ventos do local. Esse artigo pode servir como subsídio para o levantamento do potencial eólico do estado, para possíveis instalações de novos parques eólicos para geração de eletricidade e variação da matriz energética do sul do país.


Palavras-chave


Potencial Eólico, Climatologia do Vento, Reanálises.

Texto completo: Sem título