Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, IX SIEPEX - IX Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão

Tamanho da fonte: 
DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES DE TRIGO EM DIFERENTES ÉPOCAS DE SEMEADURA
Joao Augusto SILVA, Alisson Carvalho SILVEIRA, Gabriel Pereira RODRIGUES, José Ismael Teixeira GOMES, Alberto Eduardo KNIES

Última alteração: 2019-06-17

Resumo


A cultura do trigo mostra-se como uma das principais culturas de inverno no Brasil, onde o município de Cachoeira do Sul apresenta-se como uma região de potencial produtivo, pelo fato de ser grande produtora de soja durante o verão, a qual possibilita a implantação deste cultivo no inverno, como alternativa de sucessão de culturas. Porém, a incerteza dos produtores em relação ao preço de comercialização e às adversidades climáticas que podem comprometer a produtividade, como a geada, umidade alta e excesso de chuva, impossibilitam um maior avanço de cultivo. Apesar do trigo apresentar uma grande variabilidade genética em termos de características meteorológicas, que possibilita o cultivo em diferentes regiões do mundo, a cultura tem seu rendimento e sua viabilidade econômica muito influenciada por essas condições, ficando evidente a necessidade de estudos que avaliem os períodos de semeaduras adequados para distintos genótipos, especialmente para a Região Central do estado. Com isso, a época de semeadura é de grande importância para a cultura do trigo, sendo fator determinante para alcançar altas produtividades, buscando justapor o desenvolvimento das fases fenológicas com a presença de um ambiente favorável a expressão da produtividade e a não ocorrência de condições adversas do clima. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar o desenvolvimento e rendimento de grãos de cultivares de trigo em três épocas de semeadura e em dois anos agrícolas. O experimento será conduzido a campo nos anos agrícolas de 2019 e 2020, em área experimental localizada na estação agronômica da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul em Cachoeira do Sul. O delineamento experimental utilizado será o inteiramente casualizado com quatro repetições, com tratamentos distribuídos em esquema fatorial, constituído de quatro cultivares de trigo em três época de semeadura. Será avaliada a duração de cada estádio fenológico para as cultivares utilizadas, em cada época de semeadura e, também, a estatura das plantas, acamamento, peso de mil grãos e número de grãos por espiga, assim como o rendimento de grãos. Espera-se obter resultados que possam indicar a época de semeadura mais adequada para implantação de diferentes cultivares de trigo, contribuindo para o sucesso deste cultivo.


Palavras-chave


Cultura de inverno; produtividade; edafoclimática.