Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
DO ''NÃO-MOVIMENTO'' À EXPRESSIVIDADE: PENSANDO AS PRÁTICAS CORPORAIS EM DANÇA NA ESCOLA
Amanda Cardoso NUNES, Silvia da Silva LOPES

Prédio: Apresentação de Pôsteres
Sala: Auditório
Data: 2015-09-23 04:30 PM – 06:30 PM
Última alteração: 2015-09-05

Resumo


Essa pesquisa faz parte das atividades que integram o PIBID-Dança da Uergs.  Ela parte de um olhar crítico perante o Sistema Educacional e os métodos de ensino e aprendizagem baseados em uma metodologia tradicional do ‘’não-movimento’’. Parte-se do pressuposto que o ser humano não é visto de uma forma inteira, sendo a mente considerada como a parte privilegiada para construir conhecimento. Assim, elabora-se a seguinte questão: como pensar a expressividade em dança no ensino básico, a partir de três ações práticas que proporcionem o estímulo de sensações nos alunos da turma 64 da E.M.J.P.S? Tal conceito de expressividade está intimamente ligado aos princípios da Educação Somática, e tem como características principais, o entendimento do corpo como um todo, consciência corporal e a importância de estar em conexão com as sensações e intenções que permeiam o movimento, e não a busca pela mera execução de formas. Tem como objetivo geral analisar as metodologias utilizadas pela professora de dança da E.M.J.P.S. a fim de se pensar ações pedagógicas para o aprimoramento da expressividade dos alunos nas aulas. A metodologia utilizada é do tipo pesquisa-ação de abordagem qualitativa, e serão utilizados como instrumento para a coleta de dados uma entrevista semiestruturada com a professora de dança e observações que serão registradas em caderno de campo. Também serão realizadas três ações práticas em dança com a turma, nas quais terão como objetivo proporcionar diferentes sensações e percepções do corpo. Ao fim de cada aula será pedido que os alunos participantes relatem por escrito o que sentiram. As três ações serão filmadas para que, posteriormente possa ser feito uma análise precisa de todo o processo com os alunos. Essa pesquisa ainda não possui resultados, pois se encontra em fase inicial e, nesse momento, conclui-se que, apesar do esforço da professora observada, ainda necessita um longo caminho a fim de se desenvolver a expressividade dos alunos nessa Escola.


Palavras-chave


não-movimento, ensino da Dança, expressividade.