Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
PROCESSAMENTO DE IMAGENS DE MICROSCOPIA ÓPTICA PARA CLASSIFICAÇÃO DE DANO CELULAR EM ENSAIO COMETA
Souza Quadros de RAUL, Jane Marlei BOEIRA, Adriane PARRAGA, Letícia Vieira GUIMARÃES

Prédio: Prédio Principal
Sala: SALA 8
Data: 2015-09-23 01:30 PM – 01:45 PM
Última alteração: 2015-09-06

Resumo


A microscopia óptica pode ser combinada ao uso da engenharia de computação para automatizar e otimizar o processo de análise de células, somando o fato de que lâminas se deterioram com o passar dos anos, para trabalhos futuros o acervo digital possibilita o acesso e permite novas análises, sem que precise refazer o trabalho inicial de preparar as mesmas lâminas. Neste projeto tem dois macro objetivos, o primeiro deles é adquirir e armazenar as imagens microscópicas digitais de amostras da hemolinfa de Helix aspersa molusco terrestre, do projeto denominado Biomonitoramento de indivíduos expostos à agrotóxicos (também conhecido como projeto Cometa). A partir disso, o segundo objetivo do projeto é automatizar a detecção e classificação dos danos celulares. A aquisição é obtida através de uma câmera digital ligado ao microscópio óptico e acessado pelo software de varredura(SaimoPlus). Dentre as imagens adquiridas observa-se muitas sem informação relevante o que pode ser detectado automaticamente através da segmentação das imagens usando algoritmos de detecção de BLOBs (técnica de filtro 2D), depois de detectar as regiões de interesse da imagem aplicamos algoritmo de crescimento de região por agregação de pixel que nos dá a região da célula propriamente dita. Na segunda etapa do projeto que consiste em classificar as células em diferentes grupos conforme os danos, torna-se necessário a extração de características dos objetos nas imagens para uma classificação. Algumas características extraídas são: densidade de cor, dimensões de cada célula, perímetro, diâmetro, etc. Com as características disponíveis aplicamos algoritmos de classificação dos objetos da imagem, que podem ser estatísticos ou através de redes neurais. O algoritmo de classificação segue com testes por meio do software Matlab e em seguida será escrito em linguagem C para ser incorporado ao software SaimoPlus, o mesmo ocorrerá com os próximos algoritmos criados. 


Palavras-chave


Processamento de Imagens; Microscopia Óptica; Ensaio Cometa.