Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
NO MUNDO ENCANTADO DE MONTEIRO LOBATO A LITERATURA ABRE AS PORTAS PARA A IMAGINAÇÃO
Fabiana Rosa Dal FORNO, Tatiele Portela de OLIVEIRA, Tatiana Luiza RECH

Prédio: Apresentação de Pôsteres
Sala: Auditório
Data: 2015-09-24 10:00 AM – 12:00 PM
Última alteração: 2015-09-06

Resumo


Incentivar a formação de alunos e professores a partir da valorização do hábito da leitura é um dos atuais desafios enfrentados pelas escolas brasileiras. Sabendo da grande relevância que o ato de ler possui, procuramos desenvolver uma proposta de planejamento literário que, de uma forma lúdica e interativa, buscou entusiasmar e estimular a prática da leitura em um grupo de alunos. O projeto intitulado “O mundo encantado de Monteiro Lobato” foi desenvolvido através da prática realizada pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), em uma turma de 4º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual de Educação Básica Venâncio Aires, no município de Cruz Alta. Por instrução da professora titular da turma, fomos orientadas a trabalhar, no primeiro semestre do ano de 2015, com as obras do autor Monteiro Lobato e, para isso, buscamos pesquisar atividades diferenciadas que aguçassem a criatividade e despertassem o desejo pela leitura nos alunos. Em um primeiro momento, apresentamos o referido autor através de um samba enredo de uma escola de samba local, aproveitando a oportunidade para apresentar a sua biografia e reconhecer os conhecimentos prévios dos alunos, a fim de propiciar maior interação entre nós, bolsistas do Pibid, e a turma. Decidimos partir de uma das principais obras do autor, “O Sítio do Pica-pau Amarelo” e, posteriormente, propomos diversas atividades, como: sessão de filme; oficinas de origamis; produção de uma história que envolvesse os personagens da obra; apresentação das histórias através do uso do palquinho; confecção de cartaz expositivo de tamanho grande com a receita dos bolinhos da Tia Nastácia; produção dos bolinhos em sala de aula para degustação; confecção de livro de culinária com receitas trazidas pelos alunos em colaboração com a família e, ainda, como culminância do projeto, realizamos uma coletânea com histórias de Monteiro Lobato recontadas pelos alunos e ilustradas por eles. O projeto, ainda em andamento, mostrou-nos que, através da Literatura e de atividades criativas e diversificadas, podemos encontrar possibilidades que levem as crianças a desenvolverem a imaginação, suas emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa, contribuindo, assim, para a construção de bons leitores.


Palavras-chave


Monteiro Lobato. Literatura Infanto-juvenil. Leitura.