Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
ACOMPANHAMENTO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA COOPATRIGO NO MUNICÍPIO DE CAIBATÉ-RS
Mateus FUHR, Marta Sandra DRESCHER

Prédio: Prédio Principal
Sala: SALA 1
Data: 2015-09-24 03:00 PM – 03:15 PM
Última alteração: 2015-09-15

Resumo


O desenvolvimento do cooperativismo contribui para a consolidação de perspectivas de redução das desigualdades e promoção do crescimento econômico das localidades onde atua. Na região das missões do estado gaúcho uma cooperativa de grande destaque é a Coopatrigo, a qual está em constante crescimento e expansão nos municípios da região, promovendo um acompanhamento técnico de qualidade aos seus associados. No intuito de conhecer o processo de atuação e o envolvimento da Cooperativa com as comunidades onde está inserida foi desenvolvido o presente trabalho, com objetivo de relatar a experiência do estágio curricular realizado na unidade da Coopatrigo do município de Caibaté-RS, com ênfase nas experiências vividas e nas atividades desenvolvidas. As atividades de acompanhamento foram direcionadas a todos os associados da Cooperativa no município e realizadas, juntamente com os técnicos responsáveis, nos setores de consumo, vendas, assistência técnica, organização e extração de notas, conferencia de estoque, amostragem de trigo e preenchimento de laudos de visita de lavoura e acompanhamento de doenças de fim de ciclo em cereais de inverno. Entre as culturas acompanhadas destaca-se o trigo, que em 2014, ano de realização do trabalho, teve seu rendimento prejudicado pela incidência de doenças fúngicas como a brusone, que não era verificada há, aproximadamente, 30 anos nas lavouras de trigo da região. O reaparecimento de brusone foi motivado pelas condições de umidade e temperatura que contribuíram para a disseminação do fungo causador da doença. Outro problema verificado foi a forte resistência da Buva a alguns agrotóxicos anteriormente utilizados com sucesso na lavoura. Com a realização desse trabalho foi possível vivenciar também aspectos como a falta de planejamento do produtor rural, o papel e influência de multinacionais dentro da cooperativa, a maneira do produtor enfrentar adversidades, o papel do vendedor e a importância do trabalho da assistência técnica no desenvolvimento rural, coisas que nem sempre são possíveis de compreender no espaço de uma sala de aula. Diante disso, concluiu-se que o acompanhamento prático das atividades desenvolvidas pela Cooperativa complementam a formação profissional, possibilitando aliar os conteúdos teóricos aprendidos ao longo do curso com a prática de campo vivenciada pelos produtores.

 


Palavras-chave


Cereais de inverno – Doenças de final de ciclo– Resistência a herbicida.