Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
CARACTERIZAÇÃO DA PRODUÇÃO HORTIFRUTIGRANJEIRA NOS ASSENTAMENTOS DO MUNICÍPIO DE SÃO BORJA – RS
Angelo Mendes CERENTINI, Diane Motta DORNELES, Roseli de Mello FARIAS

Prédio: Prédio Principal
Sala: SALA 8
Data: 2015-09-25 09:15 AM – 09:30 AM
Última alteração: 2015-09-25

Resumo


No município de São Borja a produção de hortifrutigranjeiros é pouco expressiva e maior parte dos produtos desse gênero são buscados em outras regiões encarecendo o produto para o consumidor. Isso pode ser revertido através da valorização dos pequenos produtores assentados de São Borja, que possuem potencial para aumentar a oferta desses produtos à população local com preços reduzidos e melhor qualidade, e ainda gerar um maior retorno econômico ao município. Este trabalho teve o objetivo de caracterizar a produção hortifrutigranjeira nos assentamentos do município de São Borja – RS. Foram realizadas entrevistas com os assentados, através de um questionário previamente elaborado com perguntas que poderiam apresentar da melhor forma possível às características desses produtores em relação ao tema da pesquisa. Foram feitas 35 entrevistas nos cinco assentamentos do município, sendo eles, Cristo Redentor, Conquista das Missões, Caçacã, São Marcos e Cambuchim. É possível afirmar através da análise dos resultados, que os produtores possuem na maioria das vezes uma boa diversificação de cultivo em suas propriedades. Os principais produtos produzidos são: horticultura com presença em 71,4% das propriedades, fruticultura com 65,7%, suinocultura 68,6%, avicultura 94,3%, produção de leite 68,6%, e culturas anuais 88,6%. Apesar da diversidade de produção, a comercialização não é expressiva, sendo a produção em sua maioria para consumo próprio. A maioria dos produtores quer vender seu produto, mas não consegue. Isso se deve na maioria das vezes pela falta da utilização de técnicas que levem ao aumento da produção e diminuição dos custos, com isso, a venda não gera um lucro significativo. Além disso, há problemas com deriva de produtos químicos aplicados em lavouras de soja e arroz irrigado que são intensivos na região e dificuldade de transporte pela má conservação das estradas. Para que a produção se torne mais expressiva tais problemas devem ser revertidos, a extensão rural pode ser mais efetiva a esses produtores e os problemas de deriva e a manutenção das estradas também podem ser solucionados e/ou minimizados.


Palavras-chave


Assentamentos. Diversificação. Produção.