Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, V Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & Ia Jornada de Pós-graduação da UERGS

Tamanho da fonte: 
AFETIVIDADE NO AMBIENTE ESCOLAR E A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA RELAÇÃO EM SALA DE AULA
Tadiane Sisti FERNANDES, Luciane SIPPERT

Prédio: Apresentação de Pôsteres
Sala: Auditório
Data: 2015-09-24 10:00 AM – 12:00 PM
Última alteração: 2015-09-06

Resumo


O tema abordado nessa pesquisa é a afetividade entre aluno e professor e a importância de uma boa relação em sala de aula, considerando que as relações afetivas são essenciais para a formação do ser humano, e que no espaço escolar ocorrem as primeiras relações sociais, tanto envolvendo alegrias como conflitos, situações que influenciam diretamente na aprendizagem e formação da personalidade de cada criança. O presente artigo tem por objetivo entender como a afetividade e as relações estabelecidas entre professor e aluno influenciam e contribuem no processo de ensino-aprendizagem. A metodologia adotada será pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo, realizada por meio de observação não-participante e aplicação de questionários. Os sujeitos desta pesquisa serão alunos e professores dos anos iniciais de uma escola pública de São Luiz Gonzaga. Os resultados preliminares apontam a relevância de compreender o papel da afetividade e o seu desenvolvimento frente às aprendizagens, pois pela exteriorização da afetividade é que a criança consegue ampliar suas relações sociais e realizar a troca de saberes com o outro e com o meio. As interações que ocorrem na sala de aula são constituídas por várias ações estabelecidas entre professor e aluno. A maneira como o professor age, influencia em como o aluno vai se comportar diante dele. Quando há afeição nas relações humanas fica mais fácil aceitar a opinião do outro, nesse sentido o afeto contribui no processo ensino-aprendizagem e na formação do aluno como ser social afetivo. Portanto, é fundamental o professor passar junto com o conteúdo, amor e ter amor em tudo àquilo que fizer, pois as crianças percebem com clareza quando o professor não está sendo verdadeiro ou está insatisfeito com seu trabalho e o resultado do processo ensino-aprendizagem dependerá muito desta relação professor/aluno.

 


Palavras-chave


Afetividade. Professor. Aluno.