Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, VI Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & IIa Jornada de Pós-graduação da UERGS (ISSN: 2448-0010)

Tamanho da fonte: 
COOPERATIVISMO E REPRODUÇÃO SOCIOECONÔMICA NA AGRICULTURA FAMÍLIAR: UMA APROXIMAÇÃO NECESSÁRIA
Vanessa Gabriela PADILHA, Cleunir Augusto PARIS, Taise PASA, Kelin PRIMACHIK, Zenicleia Angelita DEGGERONE

Última alteração: 2016-08-23

Resumo


As cooperativas possuem um papel relevante como agentes de desenvolvimento econômico e social, empreendendo relações de participação, cooperação e interação social, que, devem capacitar e potencializar as especificidades locais para melhorar as condições de vida dos agricultores familiares associados. Diante disso, o objetivo geral desse projeto de pesquisa, consiste em verificar como as organizações cooperativas contribuem para a reprodução social e econômica da agricultura familiar, na região do Conselho Regional de Desenvolvimento – Região Norte (COREDE NORTE), no Estado do Rio Grande do Sul. A metodologia utilizada nesta pesquisa envolveu: pesquisa bibliográfica; visitas às cooperativas; e a realização de entrevistas semiestruturadas entre os meses de Abril à Julho de 2016. Os resultados da pesquisa revelaram que na Região do Corede Norte existem 11 cooperativas que atuam no segmento da agricultura familiar. Essas cooperativas atuam na organização da produção das propriedades rurais familiares, compras coletivas de insumos para os agricultores familiares, e na comercialização de grãos, leite, gêneros para a alimentação escolar. Além disso, verificou-se que as cooperativas não possuem nenhum programa de incentivo a sucessão geracional nas propriedades rurais e para o quadro social das mesmas. No entanto, elas reconhecem a necessidade de desenvolver e proporcionar ações e projetos que estimulem a permanência dos jovens nas propriedades rurais e nas cooperativas, pois, a falta de sucessores irá comprometer a continuidade da produção de alimentos, além disso, poderá implicar na migração da população rural do campo para os centros urbanos. Diante desta situação, poderá ocorrer a longo prazo a redução do crescimento e expansão das cooperativas, e o desenvolvimento Regional.


Palavras-chave


Agricultura Familiar. Cooperativas. Sucessão Geracional. Jovens.