Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, VI Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão & IIa Jornada de Pós-graduação da UERGS (ISSN: 2448-0010)

Tamanho da fonte: 
GERAÇÃO DE MAPAS REFLETINDO AS CONDIÇÕES DE SANEAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO COREDE NORDESTE – RS
Equiton Lorengian GREGIO, Gisara Rita PASINATO, Tainara PROVIN, Alessandro BASSOLI, Fabiane WIEDERKEHR

Última alteração: 2016-09-17

Resumo


A distribuição geográfica de feições e eventos pode ser averiguada utilizando técnicas da cartografia temática. A escolha padronizada de símbolos e cores permite a visualização e interpretação da distribuição de elementos e eventos, o que tem ampla aplicação em estudos ambientais. O presente estudo teve como objetivo a aplicação dos métodos da cartografia temática na geração de mapas que refletissem as condições de saneamento básico do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Nordeste do estado do Rio Grande do Sul. Este Corede é composto por 19 municípios cuja economia gira em torno das atividades agropecuárias e de agroindústrias, entre os quais Sananduva, Lagoa Vermelha e Tapejara. É considerada uma região enfraquecida tanto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), como pela Fundação Estadual de Estatística (FEE). A metodologia aplicada envolveu: 1) a organização e tabulação de dados dos municípios do Corede Nordeste, realizadas pelo software Arcgis em fontes diversas (IBGE, FEE e publicações em artigos), 2) a geração de mapas temáticos utilizando como base cartográfica o mapa do Corede, e 3) a interpretação dos dados expostos pelos mapas. Os mapas gerados revelam que grande parte dos municípios deste Corede não possuem esgotamento sanitário e manejo de águas pluviais e os que possuem são gerenciados apenas pela prefeitura municipal. Já o manejo de resíduos sólidos e abastecimento de água são comumente realizados por outras entidades, em associação ou não com as prefeituras. Dos 19 municípios, apenas seis possuem abastecimento de água integralmente tratada, os demais possuem proporções variáveis de fornecimento de água sem tratamento algum, incluindo Sananduva, um dos municípios ‘centrais’ e de maior PIB do Corede. Destacou-se também o consumo de água desproporcional à população total municipal em Santo Expedito do Sul e em Água Santa. O próximo passo da pesquisa será intensificar a intepretação conjunta dos mapas gerados, utilizando técnicas de sobreposição, bem como realizar pesquisas visando explicar algumas características identificadas. Já com estes resultados parciais podemos concluir a relevância da cartografia temática no diagnóstico de aspectos importantes da gestão ambiental regional.

 


Palavras-chave


Cartografia temática. Saneamento. Gestão Ambiental.