Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, 6º Seminário Institucional Pibid-Avaliação e processos inclusivos: potencialidades e experiências no Pibid Uergs

Tamanho da fonte: 
alfabetização, letramento e ludicidade
Janaína DA COSTA, Solange Lourenço da Silva, Maria da Graça da Pieve

Última alteração: 2017-09-05

Resumo


 

1Janaína da COSTA ;2Solange Lourenço da SILVA; 3Maria da Graça da PIEVE.

 

¹Discentes da Uergs; ²Discentes da Uergs; 3Docente Orientador.

 

janaina-costa88@hotmail.com; maria-pieve@hotmail.com;

 

O presente trabalho “Alfabetização, letramento e ludicidade no Ciclo de Alfabetização” constitui-se em uma narrativa das experiências que as alunas do Curso de Graduação em Pedagogia – Licenciatura desenvolveram nas aulas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à docência na Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Gabriel Álvaro de Miranda, no Município de Cruz Alta/RS. Apresenta como objetivo destacar a importância da ludicidade durante o processo de alfabetização e letramento durante a construção de textos no 4º e 5 º anos. Sabe-se que durante o processo de aprendizagem da leitura e escrita, a criança depara-se com situações formais envolvendo esses dois grandes eixos de trabalho e, conseguirá realizar de forma mais prazerosa as atividades, se a ludicidade estiver presente. O lúdico está, nesta faixa etária, estreitamente ligado à aprendizagem significativa, conceito desenvolvido por Ausubel. Para Negrine (1994), as atividades lúdicas possibilitam o desenvolvimento integral da criança, já que através dessas atividades, a criança se desenvolve afetivamente, convive socialmente e opera intelectualmente. A metodologia consistiu na realização de uma atividade que induziu os alunos para a construção de um monstro através das ordens dadas pelas pibidianas. Após a concretização do desenho, os alunos deveriam dar um nome ao monstro bem como construir um texto com a história da sua criação artística monstruosa. Como referencial teórico, nos embasamos nas teorias de Emília Ferreiro (1986), Magda Soares (2005), Airton Negrine (1994) e David Ausubel (In MOREIRA, 1999). Conclui-se que o presente trabalho contribuiu para o desenvolvimento da imaginação, das relações sociais e afetivas, bem como para a alfabetização na perspectiva do letramento, pois, como resultados, produziram textos escritos criativos. A título de informação, essas atividades serão realizadas em outras turmas da escola, visto a aceitação e os resultados positivos encontrados.


Palavras-chave


Ludicidade. Alfabetização. Letramento.

Um cadastro no sistema é obrigatório para visualizar os documentos. Clique aqui para criar um cadastro.