Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, X Seminário Brasileiro sobre Pequenas Frutas

Tamanho da fonte: 
O Processo de Regularização de Agroindústrias de Pequenas Frutas em Propriedades Familiares no Município de Vacaria, RS
Daiane Marjorie de Moraes Santos, Fabiano Simões, Voltaire Sant´Anna

Última alteração: 2019-06-30

Resumo


Visando aprimorar os sistemas tradicionais da agricultura familiar e criar alternativas para a sua consolidação, surgem discussões sobre a necessidade de agregar valor à matéria prima agropecuária e aumentar a renda dos produtores rurais familiares. A agroindústria familiar assume um papel diferenciado nas unidades de produção e torna-se complementar na renda de muitas propriedades. O objetivo geral deste estudo é realizar o levantamento das potencialidades e entraves da agroindustrialização de pequenas frutas no município de Vacaria, Rio Grande do Sul. Neste estudo foi realizada a pesquisa qualitativa por meio de entrevistas aos produtores rurais familiares da região de Vacaria, sobre as atividades desenvolvidas, bem como o levantamento da legislação utilizada para regularização das agroindústrias. As propriedades analisadas são de pequeno porte, sendo a área cultivada de até 03 hectares. A principal fruta produzida é a amora-preta (Rubus spp.), com uma produção média de 8 t.ano-1, sendo grande parte enviada congelada para industrialização e uma pequena parcela comercializada in natura no mercado local. Os relatos indicam que entraves burocráticos e o alto investimento inicial são os principais pontos da baixa adesão dos agricultores ao Programa Estadual de Agricultura Familiar para a implantação de agroindústrias familiares.

Texto completo: PDF