Sistema Eletrônico de Administração de Eventos - UERGS, X Seminário Brasileiro sobre Pequenas Frutas

Tamanho da fonte: 
Respostas a aplicação de doses de Prohexadiona de Cálcio em amora-preta (Robus spp.) cv. Tupy
Eloi Evandro Delazeri

Última alteração: 2019-06-30

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação de diferentes doses de Prohexadiona de Cálcio na prorrogação do período de colheita e peso médio dos frutos de amora preta (Rubus spp.) da cultivar Tupy. Foram utilizadas plantas de amora-preta com três anos de idade, sob plantio em espaçamento de 0,6 metros entre plantas e 3,0 metros entre linhas. Os tratamentos foram constituídos de quatro doses de prohexadiona de cálcio (PCa) (100; 200; 400; 800 mg.L-1), além de um tratamento testemunha sem aplicação. A PCa estendeu o período de colheitas dos frutos de amora preta em decorrência do aumento das doses aplicadas, quando comparado com a testemunha. Nas condições avaliadas, a massa média dos frutos é influenciada pelo aumento das concentrações deste fitorregulador.


Texto completo: PDF